Projeto de Catadoras de Mangaba lança site

0

Projeto envolve até 1.357 famílias que vivem da cata da mangaba (Foto: Divulgação)
O projeto “Catadoras de Mangaba, Gerando Renda e Tecendo Vida em Sergipe”, patrocinado pelo Programa Petrobras Desenvolvimento & Cidadania, lança oficialmente nesta sexta-feira, 8, seu site na internet em evento na Secretaria de Estado da Inclusão, Assistência e Desenvolvimento Social (Seides), no bairro de São José, em Aracaju. A cerimônia tem por objetivo dar visibilidade ao projeto e atrair novos apoios e a atenção da sociedade para o trabalho, que contribui para o fortalecimento e sustentabilidade das comunidades extrativistas de Sergipe, com envolvimento de 1.357 famílias que vivem da cata da mangaba e participação direta de 600 mulheres.

A atividade é predominantemente realizada com o trabalho feminino, em que as próprias catadoras cuidam da conservação da espécie da Mangaba e desenvolvem práticas e saberes de manejo da fruta. “O lançamento do site tornará mais visível para a sociedade uma das atividades mais tradicionais do estado de Sergipe e que é realizada de maneira participativa, onde as próprias catadoras, por exemplo, ajudaram na criação da logomarca”, ressalta a gestora do projeto pela Petrobras, Nádia Fagundes.

Para Mirsa Leite, coordenadora geral do projeto, o lançamento oficial do site ajuda a tornar conhecido o trabalho e ajuda a fortalecer essas trabalhadoras em redes sociais e de comercialização. A autora da iniciativa patrocinada pela Petrobras é a Associação das Catadoras de Mangaba e Indiaroba (Ascamai), em parceira com a Universidade Federal de Sergipe (UFS), Conselho Estadual de Segurança Alimentar e Nutricional (Consean) e Movimento das Catadoras de Mangaba de Sergipe (MCM).

Ao final do evento, haverá um coquetel com os produtos originados da mangaba e produzidos pelas catadoras, como trufas, bolos, mangaba desidratada e mousses.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais