Promotor é afastado do cargo por 45 dias

0

O promotor Roosevelt Batista de Carvalho foi afastado na semana passada de seu cargo por 45 dias por ser acusado de atividade político-partidária. Haverá uma sindicância do Conselho do Ministério Público para apuração dos fatos.

 

“Meu afastamento não tem natureza punitiva, apenas de acautelamento para apuração de fatos. Estou à vontade porque não exerci essa prática”, explicou o promotor. Segundo ele, o que pode ter ocorrido é uma armação.

 

Algumas pessoas apresentaram documentos, entre eles fitas e fotografias, que provam que o promotor estaria exercendo esse tipo de atividade. “Recebi toda a documentação. Vi a fita e não havia nada disso”, disse Rossevelt.

 

Para Carvalho, sua vida de atuação no Ministério Público estaria atraindo os olhares de muita gente, inclusive o do governador do Estado: “o governador vem a Poço Verde falar de mim, me detratar. Ele já fez isso na assinatura da obra da ponte e em uma reunião do Ministério”.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais