Promotor pode interditar delegacias superlotadas

0

O promotor de Justiça, Dejaniro Jonas, pode entrar com uma ação para interditar as delegacias que estão superlotadas. Pelo menos esta foi a informação passada pelo programa radiofônico “Comando Geral”, da rádio Jornal AM.

Ainda de acordo com a notícia veiculada ontem, dia 22, pela manhã, o promotor visitou delegacias onde encontrou várias irregularidades. Dentre elas: vários presos em uma cela que não comporta o número, a falta de higiene básica, dentre outras.

Entrevistado pelo programa, o superintendente da Polícia Civil, Paulo Ferreira, informou que atualmente há cerca de 600 presos nas delegacias do Estado e que muitos deste na verdade deveriam estar nas penitenciárias.

Ferreira ressaltou que acredita que a medida do promotor não chegará a ser implantada, pois em breve a Secretaria de Estado da Justiça começa a receber os presos destas unidades, remanejando-os para as unidades prisionais recentemente ampliadas, tais como a de Areia Branca.

As informações passadas pelo “Comando Geral” dão conta de que 1ª e a 4ª Delegacia Metropolitana, bem como as delegacias dos municípios de Estância, Itabaiana e Lagarto foram consideradas em estado de emergência.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais