Propriá em vídeo documentário

0

A história de Propriá, cidade sergipana que há anos atrás era o centro do Baixo São Francisco, foi resgatada no vídeo documentário “A Princesinha do São Francisco. Propriá- Um rio, uma cidade. O trabalho foi produzido pela formanda do curso de Jornalismo da Universidade Federal de Sergipe (UFS), Janaina Cruz. Além da pesquisa realizada, nove entrevistados narraram suas próprias impressões sobre o lugar. O documentário mostra a economia propriaense através dos produtos típicos, como o arroz, o peixe, o doce de batata e o artesanato. Conta como a cidade surgiu e foi projetada nacionalmente através das músicas de Luiz Gonzaga, fala da importância do rio São Francisco na região e explica os motivos e conseqüências da construção da ponte que liga Sergipe a Alagoas. A famosa festa de Bom Jesus dos Navegantes não foi esquecida. Para Carlos Roberto Britto Aragão, professor que estuda o apogeu e o declínio de sua cidade natal, o documentário é importante para que as pessoas possam conhecer mais o lugar onde moram. “Resgatar a história de um povo é essencial para a construção da identidade cultural”, completou Britto. A prefeitura de Propriá apoiou o projeto e junto com a UFS deu subsídios para que o vídeo fosse realizado. “Enquanto poder público nós temos a obrigação de estimular trabalhos de graduação, até porque é retorno positivo para a comunidade local”, disse Renato Brandão, prefeito da cidade. O vídeo será exibido hoje, no auditório do Colégio Nossa Senhora das Graças, em Propriá e na próxima quarta (20/09), no auditório da reitoria da UFS, às 16 horas. Na UFS, após a exibição, será realizado um debate com professores e jornalistas sobre A Importância da Imprensa e do Audio-Visual no Resgate da História.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais