Quadrilha planejava roubar renda do Pré-Caju

0

O delegado André Baronto está a frente das investigações (Foto: Arquivo Portal Infonet)
Uma quadrilha organizada onde todas as informações sobre as vítimas eram passadas para os executores. Esta foi a confirmação do delegado do Complexo de Operações Policiais Especiais (Cope), André Baronto, sobre a prisão de sete  pessoas acusadas de articular e praticar diversos crimes em Sergipe.

O delegado salientou ainda que após dois meses de investigação a Divisão de Inteligência da Polícia Civil (Dipol) descobriu que a quadrilha planejava assaltar a Associação Sergipana de Blocos e Trios (ASBT), empresa responsável pela organização do Pré-Caju. Para Baronto a renda da prévia carnavalesca estava na mira dos bandidos.

Os presos estão sendo interrogados neste momento no Cope. E para não atrapalhar o andamento da operação, que continua a sendo apurada, a polícia não divulgou os nomes de todos os presos.  Apenas um homem, apontado como sendo um dos executores, conhecido como ‘Baiano’ foi identificado. As prisões foram efetuadas no bairro Santos Dumont e no local de trabalho dos suspeitos.

Mais detalhes sobre a operação serão apresentados durante coletiva que será realizada na sexta-feira,28. 

* A matéria foi alterada ás 13h para acréscimo de informações 

Por Kátia Susanna

Comentários