Quadrilha que agia no sertão é presa

0

Quadrilha agia no Alto Sertão sergipano (Fotos: Portal Infonet)
Uma quadrilha que aterrorizava o sertão sergipano foi desarticulada na última sexta-feira, 17, e apresentada pela Secretaria de Segurança Pública (SSP) na manhã desta quarta-feira, 22, na sede da assessoria de comunicação da SSP.

Os cinco integrantes, identificados como Marcos Marinho dos Santos, 22 anos, Luciano Marinho dos Santos, 24 anos (irmãos), José Aldo de Oliveira Farias, 47 anos, José Wilson Gomes da Cruz, 36 anos e Aleandro Amaral Santos, 25 anos, conhecido como ‘Leo’, foram presos após a pratica de um assalto em Nossa Senhora da Glória, Alto Sertão sergipano.

Ação

Delegado explica que quadrilha queria roubar comerciantes de queijo
De acordo com o delegado regional Antônio Francisco de Oliveira Filho, os irmão Marinho receberam a informação de Léo, comerciante da região, que um funcionário de uma empresa de queijo iria passar por uma estrada no povoado Tanque, levando certa quantia em dinheiro. “Eles imaginaram que o rapaz estaria com o dinheiro para efetuar o pagamento dos demais funcionários, mas o mesmo já havia feito um depósito, então para não perder a viagem eles roubaram a moto do rapaz”, relata o delegado.

Após o assalto da moto marca Honda, modelo CG 150 e placa IAK 2802, um dos assaltantes disparou um tiro contra a vítima, que acabou sendo atingida no braço de raspão.

Prisão

O delegado ainda informou que com a prática do assalto, a polícia começou um trabalho de investigação e cerca de quatro horas após a ação conseguiu chegar aos cinco integrantes. “Nós

Aleandro tinha uma fabriqueta de queijo e era o informante da quadrilha
estávamos monitorando alguns dos elementos por conta de uma informação que recebemos do delegado de Cedro de São João, onde se iniciou uma investigação da quadrilha e com a ajuda da Polícia Civil do interior e dos policiais regionais de Propriá e Glória, conseguimos desarticular a quadrilha”, esclarece Antônio Francisco

O delegado ainda explicou que os acusados foram presos em cidades diferentes. “Prendemos um em Glória, dois em Graccho Cardoso e dois em Propriá. O Léo era comerciante de Glória, dono de uma fabriqueta de queijo e era justamente quem passava as informações para a quadrilha”, relata Francisco.

Apreensão

Além da motocicleta, a polícia apreendeu um carro modelo corsa Wind de placa policial LBD-5743, um revólver calibre 32 com quatro munições e uma outra motocicleta marca Honda modelo CG Titan Mix, placa MMD-2939, tomada de assalto no município Igreja Nova, interior de Alagoas. “Essa quadrilha praticava crimes nos municípios de Aquidabã e em outras cidades do Estado de Alagoas. Tudo indica também que alguns integrantes faziam parte de outra quadrilha de roubo de cargas”, revela o delegado Antônio Francisco.

Segundo o delegado a quadrilha deverá responder, dentre outros crimes, por formação de quadrilha e roubo qualificado. Os acusados ficarão presos a disposição da justiça.

Por Alcione Martins e Kátia Susanna

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais