Quarta-feira de Cinzas dá início à Quaresma e lança Campanha da Fraternidade

0

Padre Genivaldo Garcia fala sobre a Quaresma
A Quarta-feira de Cinzas marca não só o fim do carnaval, mas o início da Quaresma – período no qual os fiéis se preparam para relembrar a paixão e morte de Cristo. Essa data também é marcada pelo lançamento da Campanha da Fraternidade em todo o país.

De acordo com o padre Genivaldo Garcia, da Paróquia São Marcos Evangelista localizada no Marcos Freire I, esse período de quarenta dias é de grande importância para a Igreja. Ele explica que o número quarenta é bastante significativo para a Igreja, pois representa vários momentos importantes como, por exemplo, os quarenta dias que a arca de Noé ficou sob as águas até que Deus propusesse uma nova humanidade.

“Este numeral também representa os quarenta anos de opressão no Egito e os quarenta dias que Jesus passou no deserto antes de sua evangelização. São quarenta dias que vão da quarta-feira de cinzas até a Páscoa, ponto central da fé Católica Cristã”, explica o padre.

Durante a Quaresma, a Igreja propõe três pontos de espiritualização: jejum, esmola (caridade) e oração. “É uma maneira de conscientizar os fiéis da necessidade de ajudar aos outros e a si mesmos”, diz o padre.

Campanha

A Campanha da Fraternidade de 2008, que é lançada hoje, 6, traz o tema “Fraternidade e Defesa da Vida” e o lema “Escolhe, pois, a vida”. O objetivo deste lema é fazer as pessoas repensarem o mundo no qual estão vivendo. “A Igreja quer que os fiéis enxerguem o que está acontecendo na sociedade, que repensem sobre a vida das pessoas”, completa Genivaldo Garcia.

Cartaz da Campanha da Fraternidade de 2008
Durante os quarenta dias, a Diocese de Aracaju vai preparar uma programação especial para a espera da Páscoa. “Faremos seminários, algumas palestras e mostraremos à sociedade o verdadeiro significado de Deus, da Páscoa e da fraternidade”, explica ele.

No dia do lançamento da campanha, o presidente da CNBB, dom Geraldo Lyrio Rocha irá anunciar a mensagem do papa Bento XVI e convocar os cristãos a se engajarem na campanha.

Símbolo

De acordo com o sacerdote, as cinzas são o maior símbolo da Quaresma.  “Elas representam o pó, de onde viemos e para onde vamos. É uma simbologia religiosa e nos remete à penitência e à nossa fragilidade como seres humanos. Serve também para mostrar a igualdade entre os povos”, finaliza padre Genivaldo.

Missas

Na Catedral de Aracaju, as missas na Quarta-feira de Cinzas serão às 8h, 12h15, 16h30 e 19h30. No restante da Quaresma os horários são os de costume – 7h e 16h30 de terça a sexta; 8h e 16h30; sábados 7h, 16h30 e 19h30, e nos domingos às 8h, 16h30 e 19h30. Cada paróquia irá realizar uma programação distinta para a Quaresma.

Por Jéssica Vieira e Raquel Almeida

Comentários