Radares na José Carlos Silva e Beira Mar autuarão a partir do dia 1º

(Foto: SMTT)

Após mais de 30 dias de adaptação, os equipamentos de fiscalização eletrônica instalados nas avenidas José Carlos Silva, na região do bairro São Conrado, e na Beira Mar, próximo ao restaurante Parmegianno, passam a autuar, a partir da próxima segunda-feira, 1º de abril, os condutores que ultrapassarem os limites de velocidade das vias. O objetivo dos radares é coibir o excesso de velocidade e dar mais segurança ao trânsito.

“Disponibilizamos um prazo um pouco maior para a adaptação dos condutores e agora, a partir de segunda, os motoristas que desrespeitarem o limite de velocidade das avenidas serão autuados. É importante destacar que os radares são instalados após análise técnica e avaliação da demanda da população, para inibir o excesso de velocidade dos condutores e proporcionar mais segurança ao trânsito”, afirma o superintendente Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT) de Aracaju, Renato Telles.

Na avenida José Carlos Silva, na região do bairro São Conrado, onde está instalado o equipamento de fiscalização eletrônica, o limite de velocidade permitido é de 50km/h. Já na Beira Mar, próximo ao Parmegianno, o limite é de 60km/h.

São Conrado

Além do cruzamento semafórico na avenida José Carlos Silva, há sinalizações vertical e horizontal, como determina o Código de Trânsito Brasileiro (CTB). No entanto, para dar ainda mais segurança ao trânsito, em especial aos pedestres, a SMTT implantou a ‘Zona 50’ nessa área da avenida.

“A José Carlos Silva possui a sinalização adequada, porém, infelizmente, alguns condutores insistem em desrespeitar às sinalizações, principalmente, as faixas de pedestre. Diante disso, além da presença constante dos agentes e da equipe de Educação para o Trânsito, implantamos a ‘Zona 50’ e os equipamentos de fiscalização eletrônica, visando coibir o excesso de velocidade na via. Importante frisar que, independente de ter radares ou não, os condutores precisam respeitar as sinalizações e leis para a segurança deles e de todos que estão no trânsito”, enfatiza Renato Telles.

Fonte: SMTT

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais