Radialistas da Aperipê discutem salários na Seplag

0
Funcionários defendem Plano para a Aperipê (Fotos: Arquivo Portal Infonet)

Com o objetivo de reabrir as negociações com o governo do estado, os radialistas, servidores da Fundação Aperipê, estiveram reunidos na manhã desta quarta-feira, 9, na Secretaria de Estado do Planejamento, Orçamento e Gestão (Seplag). O objetivo do encontro é a renegociação da forma de remuneração da categoria, através da lei que regulamenta a profissão.

De acordo com o presidente do Sindicato dos Radialistas, Fernando Cabral, o Plano dos servidores da Fundação Aperipê foi protocolado na Seplag em outubro de 2010, mas até o momento o mesmo não teria sido discutido com a categoria, ou apresentada na Assembleia Legislativa.

Ainda segundo Cabral atualmente 99 trabalhadores atuam na Fundação Aperipê e a maioria, segundo ele, estará aposentada em oito anos. Para o sindicalista a carreira do Radialista é regulamentada e não cabem nos planos de negociações dos demais servidores.

“As negociações foram reabertas e essa é a terceira vez que a gente discute com a Seplag. O plano está pronto desde maio de 2010 e não houve nenhuma menção de que esse plano seria encaminhado para a Assembleia. Nós estamos nessas negociações para que possamos aprovar um plano específico para os radialistas da Aperipe”, diz Cabral, destacando que a remuneração da categoria é de R$ 1.300, sendo que o salário-base é de R$ 634.

Reunião

Após o encontro com a secretária-adjunta, Lucivanda Rodrigues, a categoria se disse satisfeita com os avanços. “A gente saiu da reunião otimista porque a secretária-adjunta  sinalizou a possibilidade de um tabela de remuneração, de forma que atenda a lei do radialista”, conta.

Ato

Na próxima sexta-feira, os radialistas farão um novo ato em frente ao SRTE, ás 9h. A categoria inicia a campanha 2014/2015.

Por Eliene Andrade

Comentários