Rede de prostituição é desmembrada

0

Na manhã de ontem, a Superintendência da Polícia Federal em Sergipe conseguiu desarticular uma rede de prostituição infantil através da Operação Sedução. O acusado de comandar a rede é o auditor da Receita Federal no Estado, Eduardo Groeschel Gusmão, marido da vereadora eleita em Nossa Senhora do Socorro, Sandra Mônica.

 

Além de Eduardo, outros componentes da rede seriam seu motorista, Eduardo Santana; e duas mulheres acusadas de serem cafetinas: Sueli Maria de Figueiredo e Vanúsia Santana Oliveira. Os acusados estão respondendo a processo sob acusação de exploração sexual de crianças e adolescentes, crime que pode ser condenado com quatro a dez anos de prisão. A Operação Sedução reuniu 40 homens da PF, coordenados pelo delegado Toni da Costa Pedrosa Ferreira.

 

Foram recolhidos documentos, computadores e outros objetos dos acusados. Os equipamentos serão analisados pela perícia, que também recolheu alguns documentos que podem incriminar a vereadora Sandra Mônica (crime de compra de votos) e uma escopeta calibre 12, na casa de Eduardo Gusmão.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais