Rede que atingiu interno será retirada pela Energisa

0

A rede fica nos fundos da unidade Foto: Portal Infonet
Na tarde desta sexta-feira, 19, o assessor de comunicação da empresa energética que abastece parte do Estado de Sergipe, Augusto Aranha, afirmou que mesmo antes do acidente que vitimou o adolescente interno da Unidade Sócio Educativa de Internação Provisória (Usip), que fica anexo ao Centro de Atendimento ao Menor (Cenam), a Energisa já havia mantido contato com a direção da unidade no sentido de retirar do local a rede de alta tensão.

De acordo com o assessor, não existe nenhum sinal de que algum objeto tenha tocado na fiação elétrica. Augusto Aranha disse que a rede que passa no local gera uma descarga

A rede tem potência para 69 mil volts Foto:Portal Infonet
equivalente a 69 mil volts. “Se o adolescente tivesse tocado na rede seria fatal”, afirma Aranha, salientando que ainda não tem data marcada para a retirada.

Aranha disse ainda que é possível que o acidente com o adolescente tenha causado a queda no abastecimento de energia da subestação do Grageru que deixou parte de Aracju sem energia na manhã de quinta, 18.  

Acidente

O adolescente está internado na UTI do Huse Foto:Portal Infonet

O fato aconteceu na manhã da última quinta-feira, 18, por volta das 10h30, quando quatro adolescentes tentaram escapar da Unidade Sócio Educativa de Internação Provisória (Usipe) , usando uma corda, popularmente conhecida como “tereza”.

Na fuga, três adolescentes pularam o muro da unidade e outro foi tentar jogar a “tereza”, que estava molhada, e recebeu uma forte descarga elétrica. Segundo Aranha, a corda não tocou a rede, apenas chegou próximo e atraiu a descarga.

Adolescente

O jovem que foi atendido no Hospital de Urgência e Emergência de Sergipe (Huse) passou por algumas cirurgias no período da tarde da última quinta-feira,18, e de acordo com informações da assessoria de Comunicação, continua internado no setor pós-operatório do Centro Cirúrgico.

A assessoria informou ainda que o rapaz não está entubado, mas sedado, aguardando a transferência para a Unidade de Tratamento Intensivo (UTI), o que deve acontecer ainda nesta sexta-feira, 19.

Por Kátia Susanna

Comentários