Rejeitado pedido de situação de emergência em Brejo Grande

0

A Defesa Civil do Estado não aprovou o decreto de situação de emergência em Brejo Grande, pedido por conta de uma inundação causada pela vazão do Rio São Francisco. O decreto foi rejeitado por conta de contradições nas datas dos documentos apresentados.

 

A regulamentação da Coordenadoria de Defesa Civil do Município de Brejo Grande está datada de 16 de maio, porém, o decreto de situação de emergência é de 28 de fevereiro. Outro problema é que o prazo de pedido já expirou, uma vez que o decreto só foi publicado seis meses depois, quando deveria ter publicação imediata. O decreto de 16 de maio só teria sido enviado à Coordenadoria estadual no dia 10 de julho, enquanto o decreto de fevereiro só teria chegado em agosto.

 

O município de Brejo Grande continuaria sofrendo as seqüelas da enchente do rio São Francisco, que foi registrada no mês de fevereiro deste ano. Ele informa que, na época, a situação do rio provocou a inundação de sítios, fazendas e comunidades adjacentes, resultando ainda no desalojamento de 35 famílias, que até hoje estão morando em casas alugadas pelo município.

Comentários