Resultado de licitação para publicidade será divulgado hoje

0

A Comissão Especial de Licitação do Governo do Estado irá abrir os envelopes e avaliar as propostas de preço das agências de publicidade nesta quinta-feira, 22, às 9h30, no Palácio dos Despachos. Esta é a última etapa da licitação que irá escolher a agência que fará a publicidade para o Governo do Estado.

 

Após a segunda fase do processo licitatório, em que uma comissão avaliou o plano de comunicação das empresas e sua capacidade de executá-lo, a ordem de classificação, das empresas com média acima de 7, foi a seguinte: PPR, Link, Base, SLA, Insight e Rocha Propaganda.

 

As empresas tiveram cinco dias úteis para recorrer da decisão, mas a Secretaria de Estado da Comunicação não divulgou a nova classificação, após os recursos. O processo foi iniciado no último dia 5 de outubro.

 

De acordo com o edital, a concorrência selecionará as quatro agências que apresentarem a melhor proposta técnica e o menor preço. A primeira colocada ficará com 40% da execução do contrato, a segunda com 30%, a terceira com 20% e a quarta 10%. As empresas vão atender a todas as secretarias do Governo de Sergipe e ao Detran. O formato da anuência ao contrato permitirá que todos os órgãos estaduais contratem, através da Secretaria de Comunicação Social (Secom), as empresas vencedoras do certame. Posteriormente, o Banese fará uma concorrência própria.

 

A classificação completa após a segunda fase (antes dos recursos) foi a seguinte:

1) PPR Profissionais de Publicidade – 96 pontos

2) Link/BAGG – 88 pontos

3) Base propaganda – 84

4) SLA Propaganda – 76 pontos

5) Insight Propaganda e Marketing – 74 pontos

6) Rocha Propaganda e Marketing – 71 pontos

7) Mídia Publicidade – 69 pontos*

Única Comunicação – 69 pontos*

Daniel do Valle Associados Publicidade – 69 pontos*

8) Idéia 3 Comunicação – 68

9) Objectiva Comunicação – 67 pontos

10) Cannes Publicidade – 64

11) TalPropaganda e Comunicação – 60 pontos

12) Ecos Comunicação – 59 pontos

13) InterMarketing – 45 pontos

 

Com informações da ASN

Comentários