Reunião discute as melhorias do transporte coletivo em Socorro

0

A maioria dos ônibus não são novos (como os da foto), mas deteriorados
Ônibus deteriorados, circulando em péssimas condições de trafegabilidade, e sem horário certo para passar nos pontos. Estas foram algumas das irregularidades colocadas em pauta na reunião ocorrida no último sábado, 13, na Piabeta, entre a prefeitura de Socorro, representantes de associações de moradores, Conselho de Segurança da comunidade, Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT) de Aracaju e a empresa de ônibus que opera no município.

A reunião foi solicitada pelo prefeito Fábio Henrique que vem encaminhando, desde o final do ano passado, requerimentos solicitando à SMTT de Aracaju a substituição dos veículos que circulam no município. “Compete a Socorro fazer a fiscalização do transporte coletivo e enviar os relatórios para Aracaju, que tem a obrigação de resolver os 

Carros velhos
problemas. Nós estamos fazendo isso regularmente, e há muito tempo, com documentação fotográfica de todos os ônibus. O que nós queremos é oferecer transporte digno para a população de Socorro”, explicou o prefeito.

Entre outras questões, foi discutida, também, a realização de concorrência para outra empresa circular na região; a volta da linha ‘Osvaldo Aranha’; e uma solicitação para que fiscais da SMTT/Socorro circulem nos três turnos para garantir o cumprimento dos horários dos ônibus. O presidente do Conselho de Segurança da Piabeta, João Paulo, representando a comunidade, entregou a pauta de reivindicações às autoridades. Fábio Henrique aproveitou a oportunidade para distribuir cópia dos documentos encaminhados à SMTT de Aracaju solicitando providências para o problema da péssima qualidade dos ônibus.

Ônibus lotados
Dez novos ônibus

Durante a reunião, o superintendente da empresa VCA, José Matos, informou que no mesmo dia da reunião, dez novos ônibus começaram a rodar na Piabeta, em atendimento às reivindicações da prefeitura e da comunidade. “Nós estamos aqui em respeito aos moradores da Piabeta. Viemos ouvir as reivindicações e tentar melhorar o atendimento ao público”, disse José Matos, que ouviu atentamente as reclamações e pediu que as lideranças mantenham um contato mais estreito com a empresa, através da diretoria de operações. Ele também garantiu uma providência imediata para resolver a questão do horário dos ônibus e outros problemas que estejam acontecendo.

O Superintendente da SMTT/Socorro, José Toledo Neto, informou que a partir desta terça-feira, 16, será intensificada a fiscalização dos ônibus nos diversos pontos, ao longo dos itinerários da região. Antônio Samarone, superintendente da SMTT de Aracaju, por sua vez, confirmou a colocação dos dez novos ônibus para atender aos 11 mil passageiros da Piabeta. Garantiu que se a empresa não cumprir às exigências, o gestor público tomará providências drásticas, e informou: “Os quatro municípios da Região Metropolitana estão elaborando um consórcio gestor que inclusive permitirá, se necessário, a realização de licitações para o funcionamento de empresas de ônibus coletivos”.

Tripé

Até lá, para resolver o problema, Samarone disse que é necessário um tripé: a boa qualidade dos ônibus, o cumprimento dos horários e o funcionamento do terminal de integração que resolverá não somente a questão da Piabeta, mas de todas as comunidades de Socorro. “A partir do funcionamento do terminal, previsto para o início de julho, os ônibus circularão para as comunidades de nove em nove minutos, porque somente circularão até o terminal, que fará a distribuição dos passageiros para os seus respectivos roteiros”, esclareceu.

No encerramento da reunião, o prefeito Fábio Henrique sugeriu um novo encontro na próxima sexta-feira, 19, à noite, para uma avaliação da primeira semana de funcionamento do novo sistema de transporte da Piabeta. A sugestão foi aprovada por unanimidade.

Fonte: ANS

Comentários