Reunião entre Emurb e moradores pode decidir rumos de indenização

0

Construção de ponte avança

Ocorre na tarde desta terça-feira, 16, uma reunião entre a Empresa Municipal de Obras e Urbanismo (Emurb) e moradores do conjunto Inácio Barbosa, onde está sendo construída a ponte Procurador de Justiça Gilberto Vila-Nova de Carvalho. O encontro foi motivado pelo protesto deles, realizado na tarde de ontem, pela insatisfação com o valor da indenização que a Prefeitura pretende pagar pelas casas que serão demolidas.

Pablo Adriano de Amorim, um dos moradores do local, disse que o prefeito Edvaldo Nogueira não os recebeu em nenhum momento e que apenas um assessor dele esteve no local para ouvir as reivindicações. “Mas até agora não houve nenhum posicionamento da Emurb”, disse.

Alguns moradores estiveram em evento da prefeitura
Na reunião os moradores pretendem discutir o pagamento de uma indenização compatível com o valor das casas e um prazo maior para que eles deixem as residências. “Eles querem nos dar apenas dez dias após o pagamento para fazer a mudança”, afirma.

A informação é de que a Prefeitura ofereceu R$ 15 mil. “O valor médio de uma casa naquela região é R$ 80 mil. Queremos ver a possibilidade de receber um valor compatível com esse, ou que nos destinem casas com localização e preços dentro dessa realidade”, disse Pablo.  

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais