RG: pessoas com deficiência têm ponto de atendimento exclusivo

0
Atendimento deve ser agendado por meio de número de WhatsApp exclusivo para os cidadãos portadores de deficiência
(Foto: SSP/SE)

O Instituto de Identificação Dr. Carlos Menezes (IICM) e o Conselho Estadual das Pessoas com Deficiência e Altas Habilidades em Sergipe (Conser) estão disponibilizando um ponto de atendimento para emissão da carteira de identidade, exclusivo para pessoas com deficiência. O agendamento pode ser feito pelo WhatsApp, por meio do número (79) 99191-2068.

O ponto de atendimento – onde o cidadão será atendido após a confirmação do agendamento – fica Edifício Estado de Sergipe, localizado na rua Geru, S/N, 26º andar, no Centro de Aracaju. O diretor do IICM, Jenilson Gomes, explicou que o novo canal de atendimento do Instituto de Identificação foi criado em parceria com o Conser para atender às demandas das pessoas com deficiência referente ao direito ao RG.

“Foi criado, em parceria com o Conser, um ponto de atendimento exclusivo para as pessoas com deficiência. Esse ponto de atendimento é equipado para atender às características desse cidadão, no tocante à acessibilidade, intérprete de libras, dentre outras situações. Dessa forma, o IICM potencializa e torna mais próximo o serviço a esse cidadão”, detalhou Jenilson Gomes.

O presidente do Conser, Antonio Luiz dos Santos, reconheceu o esforço da Secretaria da Segurança Pública (SSP) no campo da acessibilidade. “É uma grande conquista. A SSP, através do Instituto de Identificação, promove cidadania para a pessoa com deficiência sergipana. Somos 500 mil pessoas, segundo o último censo, de 2010. E essa ação traz mais cidadania e resolutividade para as ações da pessoa com deficiência. O RG nos livra de uma série de papelada que teríamos que carregar”, ressaltou.

Os casos considerados como prioritários são os de emissão da carteira de identidade para idosos (pessoas acima dos 60 anos), deficiente, enfermo grave e gestante. Os casos considerados de urgência são os destinados a tratamento médico, recebimento de benefício, transações bancárias, transações cartorárias e viagem de trabalho (titular ou dependente).

Jenilson Gomes informou que o atendimento pelo WhatsApp torna o processo de solicitação do documento e entrega do RG mais célere às pessoas com deficiência. “Foi criado um sistema próprio de agendamento. Em alguns casos, já tem o atendimento iniciado através desse canal, via WhatsApp. E, posteriormente, comparece para fazer a coleta biométrica e retirada da identidade”, concluiu.

Fonte: ASN

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais