Rio da Unidade Nacional pede socorro

0

500 pessoas, entre elas técnicos internacionais, são esperadas hoje, no município sergipano de Propriá, no auditório do Colégio Nossa Senhora das Graças, para a realização do seminário “Do Velho ao Novo Chico”. O workshop pretende divulgar os resultados dos cinco subprojetos do Projeto GEF São Francisco, desenvolvidos no Baixo São Francisco, e que contaram com a participação da Universidade Federal de Alagoas – UFAL -; Universidade Federal de Sergipe – UFS – e da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba – Codevasf -, além de outros Órgãos Gestores de Recursos Hídricos de Alagoas e Sergipe, além de consultores. O evento é destinado a todos os interessados nos problemas hidroambientais do Rio São Francisco e, em especial, aos representantes das instituições com atuação e interesse na Bacia do Rio São Francisco, envolvendo desde a sociedade civil, usuários das águas do rio, até os poderes públicos Municipal, Estadual e Federal. Na ocasião, acontece a realização de cinco palestras, entre elas, “Os usos da terra no Baixo São Francisco”, que irá discutir a distribuição do uso da terra no Baixo São Francisco como base para ações de gerenciamento de recursos hídricos, preservação e monitoramento ambiental. Este tema dará destaque para as áreas de preservação natural, áreas sob ameaça de degradação e áreas degradadas. PROJETO – Os trabalhos de pesquisas do Projeto GEF duraram três anos. Nesse período, foram coletados milhares de dados do baixo curso do Rio São Francisco e na sua foz e realizados estudos de laboratório. Tudo isso compõe um vasto material que permitiu conhecer o comportamento atual do Baixo curso do Rio e sua foz, no que diz respeito à sua dinâmica fluvial e estuarina, fauna aquática, nutrientes e qualidade da água, bem como a compreensão das suas respostas diante dos impactos produzidos pela construção e operação das grandes barragens. PROGRAMAÇÃO 9h30min – Palestra: “Os usos da terra no Baixo São Francisco”, com Rui Alcides Junqueira – Codevasf/DF; 10 horas – Palestra: “Nutrientes e qualidade da água nas condições atuais do Rio São Francisco e região costeira adjacente à sua foz”, com Paulo Petter Medeiros, da UFAL; 11 horas – Palestra: “Os peixes e a pesca no novo Chico”, com Fábio Castelo Branco, da UFAL; 11h30min – Discussão dos resultados dos três subprojetos; 13 às 13h30min – Reunião formal dos membros eleitos do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco; 14 horas – Palestra: “O problema da erosão das margens e suas relações com a dinâmica fluvial pós barragens”, com Luiz Carlos S. Fontes, da UFS – Departamento de Engenharia Agronômica; 15 horas – Palestra: “Medidas mitigadoras para o assoreamento e a erosão no novo Chico e na sua foz”, com Arno Maschmann de Oliveira, da UFAL – Departamento de Geociências; 16 horas – Discussão dos resultados dos dois subprojetos; 16h45min – Plenário: “Discussão das medidas mitigadoras para os problemas hidroambientais do Baixo São Francisco”. Mais informações pelo telefone (0xx79) 212-6929.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais