Rodovia José Sarney: associação aponta prejuízo com mudança na via

0
Moradores do Robalo acreditam que mudança no trânsito da Rodovia vai afetar população loca (Foto: Marcos Rodrigues)

Os moradores e comerciantes da Zona de Expansão, em especial da região do Robalo, estão preocupados com a mudança do sentido da Rodovia José Sarney aos domingos e feriados, anunciada pelo Governo do Estado. A mão única na via já começa a valer a partir desse final de semana. A preocupação da população local é o aumento de acidentes nos povoados e o impacto financeiro que essa mudança pode gerar para os comerciantes.

O presidente da Associação Desportiva, Cultural e Ambiental do Robalo (ADCAR), José Firmo, explica que ao alterar o sentido da via para mão única aos domingos e feriados, no intuito de desafogar o trânsito para quem trafega no sentido praias e litoral sul, aumento o fluxo na Rodovia dos Náufragos.

“Quem tiver indo para as praias sentido Mosqueiro pode ir pela rodovia José Sarney, mas quem vem sentido Mosqueiro/ Atalaia só terá a opção de trafegar pela Rodovia dos Náufragos, mesmo sendo aos domingos e feriados com horário limitado, os carros estarão trafegando por dentro dos povoados aumento o risco de acidente para a população local”, aponta Firmo.

Outra questão apontada pelos moradores é em relação ao transporte público. De acordo com Firmo haverá a mudança de itinerário e isso trará prejuízos para a população, em especial para quem precisa do transporte para trabalhar.

“Os moradores terão que ir para a Atalaia para pegar outro ônibus, já que o sentido será único e o ônibus não vai passar dos dois lados. Isso para quem precisa pegar ônibus para trabalhar é ruim porque irá demorar mais tempo para chegar ao trabalho, e consequentemente, sair mais cedo para poder se adaptar a essa mudança”, aponta Firmo que fala também da situação dos comerciantes.

“Muitos comerciantes e ambulantes faturam com as vendas na beira da pista, perguntamos ao Governo se foi feito um estudo para saber os impactos disso na vida dessas pessoas, em especial em uma época difícil de pandemia”, diz.

Firmo conta que protocolou três ofícios na última terça-feira, 12, na Secretária de Turismo do Estado, no Batalhão de Policiamento de Turismo (Bptur) e no Departamento de Estradas e Rodagens (DER) solicitando audiências e pedindo que essa mudança na rodovia seja adiada até que essas dúvidas sejam esclarecidas.

“Teremos uma reunião com o DER juntamente com a Comissão Parlamentar de Meio Ambiente, presidida pelo deputado Iran Barbosa, e estamos aguardando o retorno dos demais órgãos”, conclui.

Setur

A Secretaria de Estado de Turismo (Setur) informa que essa mudança é momentânea e deve acontecer até que as obras da Orla Sul sejam concluídas. Após a finalização da reforma, o trânsito voltará ao normal na Rodovia José Sarney.

Trânsito

A Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito de Aracaju (SMTT) informou que aos domingos e feriados, das 10h às 15h, o itinerário de uma linha 600-Circular Praias 02, do transporte público, que passa pela região da Avenida José Sarney será modificado. A partir do dia 17 de janeiro, e sempre aos domingos e feriados, apenas os ônibus que fazem a linha 600-Circular Praias 02 passarão a fazer o seguinte percurso: Rodovia José Sarney – Rua Dr. Walter Bastos – Rodovia dos Náufragos – Avenida Melício Machado – Rua Dep. Clóvis Rollemberg – Rua Niceu Dantas – Rua Juíz Moacir Sobral – Terminal Zona Sul. O usuário também poderá ter informações com fiscais do Terminal de Integração da Zona Sul e no site www.smttaju.com.br.

Entenda

A partir do próximo domingo, 17, o governo do Estado dá início à operação que torna o sentido único na Rodovia José Sarney, região litorânea da capital. O trânsito na rodovia terá sentido único no trecho compreendido entre o final da Passarela do Caranguejo e a primeira rótula de acesso à rodovia Melício Machado (na altura do Restaurante Mãe Gorda).A operação acontece, aos domingos e feriados, das 10h às 15h, no trecho onde estão sendo executadas as obras do projeto de urbanização da Orla Sul. O objetivo, segundo o Governo, é proporcionar segurança e garantir fluidez ao trânsito.

Por Karla Pinheiro

Comentários