Rodoviários cobram reajuste de 12%

0

O presidente do Sinttra / Foto:Portal Infonet
Na manhã desta quarta-feira, 27, rodoviários estiveram reunidos para elaborar uma proposta para a classe patronal. De acordo com o presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de Aracaju (Sinttra), Miguel Belarmino, os trabalhadores reivindicam 12% de reajuste, além de aumento no tíquete alimentação para 260, pagamento de horas extras no contra-cheque e plano de saúde integral.

“O aumento de 12% é uma medida para assegurar a reposição das perdas dos anos anteriores”, explica o presidente do Sinttra.

Segundo Miguel Belarmino muitas empresas não pagam horas extras. “Estamos reivindicando que as horas extras sejam pagas no contra-cheque dos funcionários. Somente uma empresa paga a metade das horas e as outras nem pagam, então o trabalhador chega ao final do mês e não recebe nada pelas horas trabalhadas”, reclama.

Atualmente o motorista recebe R$1, 065,16 mais o acréscimo de 210 tíquetes, no caso do cobrador o salário é de R$593,18 mais o tíquete. “Esperamos que a classe patronal possa apreciar a proposta antes do carnaval”, finaliza Miguel Belarmino.

Por Kátia Susanna

Comentários