Rogério Carvalho diz que não houve desvio de verbas na PMA

0

De acordo com o secretário de Saúde do Município, Rogério Carvalho, a Prefeitura Municipal de Aracaju – PMA – não recebeu nenhum recurso de origem de emenda parlamentar, mas sim do Fundo Nacional de Saúde pelo ótimo desempenho que a cidade obteve. O secretário rebateu as denúncias dos deputados federais João Fontes e Eduardo Gomes. Os parlamentares acusam a Prefeitura de ter desviado para a saúde verbas destinadas ao projeto social Fazenda Esperança.

 

Segundo João Fontes, as verbas recebidas pela Secretaria de Saúde eram carimbadas e destinadas ao projeto social Fazenda Esperança, conseguidas através de emenda parlamentar. Recursos deste tipo só podem ser aplicados para aquilo o que foram destinados, e não podem ser enviados para outros projetos.

 

Carvalho explicou que os recursos recebidos pela Secretaria não foram os da Fazenda Esperança, mas sim os conseguidos através do Fundo Nacional de Saúde. “A prefeitura de Aracaju não recebe dinheiro irregular de nenhum Órgão Federal. Há uma campanha de tentar se desgastar a imagem da PMA. O dinheiro que Aracaju recebeu são do Fundo Nacional de Saúde, e não tem associação”, falou o Secretário.

 

Rogério completou dizendo que as verbas recebidas serão destinadas à construção do Pronto-Socorro Zona Sul, Pronto-Socorro Zona Norte e outros centros de saúde. “Não vejo qual a intenção dos políticos do nosso Estado ao se colocar tão veemente contra a recepção de recursos. Não entendo porque a raiva dos políticos pela evolução da cidade. Todos reclamam porque Aracaju está recebendo recursos para investir em saúde”, desabafou Carvalho.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais