Rua no Marivan vira canal aberto

0

(Fotos: Portal Infonet)

Moradores do Conjunto Marivan, no bairro Santa Maria, entre as ruas Maestro Tom Jobim e Analu reclamam das péssimas condições das vias e também da construção de um canal no meio da Rua Analu. No local, foi aberta uma vala com cerca de três metros de largura por onde toda a água que desce do Padre Pedro escorre até o canal do Santa Maria.

Com a passagem da água, a vala tem aumentado, assoreando as margens e causando, inclusive, o risco de postes de energia desabarem.

"Há dois dias não existia o buraco aqui para dar escoamento dessa água. Agora a construtora desses prédios em frente a minha casa passou uma máquina e eles disseram que iriam pavimenar, mas estou sem direito de ir e vir”, conta a moradora e presidente da Associação dos Moradores do Marivan, Cláudia Ramos.

Há 15 anos, o militar Enoque Miguel mora na Rua Analu e diz que nunca viu isso. “Toda essa área é de construtoras e eles não fazem nada para resolver a situação. As galerias que vem do Padre Pedro sofreram a ação de assoreamento. Já havia uma abertura para o canal e agora eles alargaram. Aqui é uma rua, isso é um absurdo”, reclama.

Moradores reclamam da construção do canal

Outro morador, Hudson Pires de Oliveira Santos, diz que o mau cheiro que exala da água é insuportável. “O cheiro nos incomoda durante todo dia, além dos mosquitos. A partir de certo horário não podemos deixar nenhuma janela de casa aberta”, aponta.

A reportagem do Portal Infonet tentou entrar em contato com a engenheira responsável de nome Priscila, mas ela preferiu não se manifestar.

Emurb

Em contato com a Empresa Municipal de Obras e Urbanização (Emurb), a reportagem foi informada que a construtora Casa Nobre, responsável pela obra, teve o empreendimento licenciado na própria Prefeitura de Aracaju. No projeto aprovado a drenagem deverá ser feita para que as águas sejam lançadas no canal do Santa Maria.

“Isso não significa dizer que eles podem fazer de qualquer jeito. Na segunda-feira, um fiscal da Emurb irá até o local fazer uma avaliação da situação para que o serviço seja feito da forma mais rápida possível sem prejudicar os moradores”, afirma o assessor de Comunicação, Ademar Queiroz.

Por Bruno Antunes

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais