Santa Rosa de Lima explica suspensão de repasse para merenda

0

O município sergipano de

Secretário Lúcio Flávio Prado
Santa Rosa de Lima estaria sem receber os repasses federais para a merenda escolar porque os novos membros do Conselho de Alimentação Escolar (CAE) ainda não foram nomeados, segundo informa o secretário Geral do município, Lúcio Flávio Prado. Ele procurou o Portal Infonet após ter sido publicada matéria sobre o assunto.

 

A última gestão do conselho terminou em junho, como um processo de eleições não foi deflagrado com antecedência, os novos membros ainda não foram nomeados. Prado diz que até o próximo dia 15 a situação será regularizada junto ao Ministério da Educação (MEC). “Como já informamos ao Ministério Público do Estado, não haverá perda para os estudantes, a prefeitura irá arcar com a merenda”, afirmou o secretário.

 

Para ele, a merenda tem sido uma maneira de combater a evasão escolar, por isso, a prefeitura se preocupa com a manutenção do serviço. “Temos uma das melhores merendas do Estado, em quantidade e qualidade”, acredita. Lúcio Flávio reconhece que eventualmente há atrasos nos repasses de dados ao MEC, mas que isso não tem comprometido o fornecimento de alimentos aos estudantes.

Veja aqui a prestação de contas de Santa Rosa de Lima ao MEC

Comentários