São Cristóvão recebe “Dia da Conciliação”

0

Em São Cristóvão, a estimativa é de que mais de 100 pessoas participem (Foto: Arquivo Infonet)
A 12ª Delegacia Metropolitana de São Cristóvão, em parceria com a Defensoria Pública do Estado de Sergipe, Departamento de Grupos Vulneráveis, Prefeitura do Município e o Conselho Municipal de Defesa do Direito da Mulher, realiza nesta terça-feira, 19, a partir às 8h, na sede da Delegacia situada na Praça Principal, o “Dia de Conciliação”.

O objetivo, segundo o delegado Ronaldo Marinho, é resolver conflitos e evitar que os casos sejam encaminhados à justiça através de acordos extrajudiciais. “Grande parte dos fatos criminosos que acontecem é de menor potencial ofensivo, como pequenos furtos, brigas e agressões, entre outros que podem ser resolvidos com conciliação ou por mediação de conflito. Nossa finalidade é manter a paz no município e buscar a participação da sociedade organizada”, enfatiza.

Estima-se que mais de 100 pessoas participarão do processo de conciliação. “A delegacia contará com um defensor público, estagiários do curso de direito, profissionais da própria delegacia e representantes de órgãos para fazer a conciliação. Na edição anterior foram resolvidos vários conflitos e as pessoas compareceram em massa. No dia 19 esperamos atingir um número recorde”, disse Ronaldo Marinho.

Para o defensor público geral, Raimundo José Oliveira Veiga, a Defensoria Pública tem um papel fundamental na defesa daqueles que não possuem condições de arcar com honorários de advogado. Com isso, será disponibilizado um defensor público, equipe de apoio e estagiários que prestarão assistência gratuita. “Iremos dar total assistência jurídica a essas pessoas. Essa iniciativa faz com que as partes evitem um processo judicial. Quem ganha com isso são o Poder Judiciário, as delegacias e a cidade, pois a conciliação é a melhor alternativa para solucionar os problemas sem ter que recorrer à justiça”, destaca.

Fonte: Ascom/Defensoria Pública

Comentários