Sargento da reserva morre após ser agredido em padaria

0
A vítima morreu no Hospital Cirurgia. (Foto: Arquivo Portal Infonet)

Um sargento da reserva da Polícia Militar de Sergipe, identificado pelo pré-nome de Maurino, morreu no último domingo, 5, vítima de morte por espancamento no Hospital de Urgência de Sergipe (Huse). O PM estava internado desde a sexta-feira, 3, tendo passado pela Unidade Pronto Atendimento (UPA) Nestor Piva antes de ser levado a mais dois hospitais.

De acordo com o relações-públicas da Polícia Militar de Sergipe, tenente-coronel Fábio Machado, a vítima foi hospitalizada após um desentendimento iniciado em uma padaria no bairro Bugio e que culminou na agressão do sargento. “O militar teve um desentendimento com um segurança da padaria, que o agrediu com um tapa. O PM caiu no chão e foi encaminhado ao hospital”, completa.

A pancada recebida na região da cabeça resultou em um traumatismo craniano que levou Maurino a óbito durante o domingo. “Foi inicialmente para o Hospital Nestor Piva, depois para o Huse e, de lá, encaminhado ao Hospital Cirurgia, onde ficou internado”, destaca o relações-públicas.

O registro não foi identificado no relatório divulgado pelo Instituto Médico Legal (IML) na manhã desta segunda-feira, 6, portanto ainda não há previsão de liberação do corpo para sepultamento.

As investigações do caso serão comandadas pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) da Polícia Civil de Sergipe.

 

por Daniel Rezende

Comentários