SE investe mais de R$ 1 bilhão em saneamento e segurança hídrica

0
(Foto: Reprodução / ASN)

61 obras em andamentos, 118 obras concluídas, mais de R$ 122 milhões investidos nas obras já concluídas, com estes números o Sergipe Cidade, programa do Governo do Estado, de responsabilidade da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Urbano (Sedurb) está mudando a cara de Sergipe. São investimentos em delegacias, destacamento de Corpo de Bombeiros, Escolas Profissionalizantes, pavimentação, abastecimento de água, além de praças, mercados, quadras de esportes, creches, centro comunitário, terminal rodoviário, entre outros. Além disso, os sergipanos observam o desenvolvimento do Estado no que se refere à construção de moradias populares e no transporte intermunicipal.

Só no que diz respeito ao saneamento, o Estado de Sergipe possui investimentos de mais de R$ 1 bilhão, é o que nos conta nesta entrevista publicada no Jornal da Cidade o secretário da Sedurb, Carlos Melo, destacando obras como a ampliação do Sistema Integrado de Abastecimento de Umbaúba, Tomar do Geru e Itabaianinha que beneficiará aproximadamente 94.330 habitantes; a ampliação do Sistema Integrado de Abastecimento do Alto Sertão, que beneficiará 223.110 sergipanos e a duplicação da Adutora Sertaneja que beneficiará 38.440 mil pessoas na região de Canhoba e Aquidabã, oferecendo, junto a outras ações, uma segurança hídrica jamais vista no estado.

A Secretaria de Estado de Desenvolvimento Urbano responde por obras muito importantes para o desenvolvimento do Estado. São diversas áreas como habitação, saneamento, infraestrutura, transporte. Quais os avanços nessas áreas nos últimos anos?

Carlos Melo- A Secretaria de Estado do Desenvolvimento Urbano é uma pasta extensa e que possui muitas obras estruturantes para Sergipe. O resultado desse trabalho é visto em todos os municípios de Sergipe. Desde construção de casas, até toda infraestrutura das habitações entregues, como também do abastecimento de água, esgotamento sanitário, a cobertura de transporte intermunicipal, e também as obras do Programa Sergipe Cidades que atende todo o interior do estado, além das sedes dos municípios atende também os povoados, levando pavimentação, as construções dos Centros Empresariais Integrados, dos Mercados, das escolas profissionalizantes, construção e reforma de delegacia, quadras de esportes, praças entre outros.

Quantas obras já foram realizadas pelo Sergipe Cidades? Quanto foi investido? Quantas intervenções encontram-se em andamento?

Carlos Melo- O Sergipe Cidade é um dos grandes programas que o Governo do Estado tem hoje em parceria com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social  (BNDES).  São 61 obras em andamentos e 118 obras concluídas, o total de investimentos das obras concluídas ultrapassa o valor de R$ 122 milhões. São obras para a Segurança Pública com a construção ou reforma de delegacias e destacamento de Corpo de Bombeiros, obras para melhorias da educação como as Escolas Profissionalizantes, obras que melhoram a qualidade de vida como pavimentação, abastecimento de água, além de praças, mercados, quadras de esportes, creches, centro comunitário, terminal rodoviário, entre outras. Recentemente inauguramos o Centro Estadual de Educação Profissional Maria Fontes de Farias, com investimentos de mais de R$ 4 milhões em Boquim, a escola ofertará cursos em diferentes eixos profissionalizantes, sendo principal o da fruticultura. A reforma do Mercado Municipal em Própria também é uma das obras entregues pelo governador, Jackson Barreto. Onde você passar em nosso estado terá uma obra do Sergipe Cidades, levando desenvolvimento para todo o estado.

No que se refere à política habitacional do Estado, o que foi feito? Quantas obras estão em andamento?

Carlos Melo- A habitação é uma área que sempre estamos investindo pois, por mais que nós, Governo, construa unidades habitacionais, sempre surge mais demanda. São mais de 18 mil unidades habitacionais, concluídas e em execução. Dentre essas unidades destaca-se o Pró Moradia que em Sergipe está em andamento a construção de 1.180 unidades habitacionais destas, 580 unidades habitacionais na Av. Euclides Figueiredo, e 600 na ocupação do Rio do Sal em Nossa Senhora de Socorro. Outro destaque são 1.180 unidades habitacionais no Residencial 1° de Maio, que será construído em Nossa Senhora do Socorro e mais 150 unidades habitacionais para a comunidade quilombola do Pontal da Barra. Além de todo esse investimento em unidades habitacionais, o Governo do Estado se preocupa também em entregar essas casas com toda infraestrutura necessária, atualmente somente neste segmento estão sendo investidos mais de R$ 7