SE não registra mortes nas BR”s durante o Carnaval

0
As estatísticas foram divulgadas pela PRF/SE (Fotos: Portal Infonet) 

Ao fim do Carnaval 2015, o estado de Sergipe não apresentou nenhuma morte em suas rodovias federais. A estatística foi divulgada no balanço da Polícia Rodoviária Federal (PRF/SE), que considerou satisfatórios os números registrados este ano.

As estatísticas registradas neste ano de 2015 foram satisfatórias, de acordo com a PRF/SE. No período do Carnaval, que aconteceu entre os dias 13 e 18 de fevereiro, houve queda dos principais índices analisados pela PRF/SE em comparação ao ano de 2014. Sergipe apresentou redução de 2,7 % no número de acidentes, redução de 9,52 % no número de feridos e nenhuma morte foi registrada nas rodovias federais do estado.

De acordo com o balanço divulgado pela PRF/SE, 1.829 pessoas foram fiscalizadas (resultado 29% superior ao que era esperado pela polícia); 1.715 veículos fiscalizados (resultado 21% superior ao esperado); foram feitos 1.024 testes de bafômetro (resultado 101% acima da meta estabelecida).

A inspetora Denise Lima, superintendente da PRF/SE, apresentou os resultados do balanço

Crimes

Nesse período carnavalesco, vinte pessoas foram presas, uma redução de 4,76% em relação ao ano anterior. Destas, três foram presas em flagrante por assalto, seis eram foragidos da polícia, cinco presos por roubo ou furto de veículos, um por tráfico de drogas e dois adolescentes apreendidos por atos infracionais. Em 2014, o maior número de prisões se deu por alcoolemia (crime de trânsito relacionado ao teste de bafômetro), enquanto em 2015, houve maior número de prisões por transgressões de lei.

Cinco armas e dezoito munições foram apreendidas pela PRF/SE, um aumento de 150% e 63,64%, respectivamente, em relação a 2014. Ainda nesse período, cinco veículos foram recuperados pela polícia, apresentando aumento de 25% em comparação ao ano anterior.

PRF/SE

A inspetora Denise Lima, superintendente da PRF/SE, apresentou os resultados do balanço de 2015 em coletiva de imprensa na tarde desta quinta-feira, 19.  De acordo com ela, o esforço feito pela polícia valeu a pena. “Esse esforço que foi feito foi coroado quando a gente consegue bons resultados. Estamos felizes porque temos a sensação de dever cumprido. Dos últimos cinco anos, esse foi o nosso melhor. Foram muitos dias sem mortes em Sergipe. Então, isso é uma vitória muito grande. Quando você não tem uma vida ceifada, já valeu a pena”, disse a superintendente.

Por Helena Sader e Verlane Estácio

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais