Secretarias apresentam cenários do desenvolvimento econômico do Estado

0

Jorge Santana apresentando a situação econômica dos territórios (Foto: Lúcio Teles/ Seplan)
A elaboração do Plano de Desenvolvimento do Estado e do Plano de Desenvolvimento de cada um dos oito territórios sergipanos foram os temas de uma reunião que envolveu na manhã desta segunda-feira, 15, representantes de diversas secretarias de Estado, além de professores da Universidade Federal de Sergipe (UFS) que estão à frente da elaboração dos planos.

As apresentações iniciaram com o secretário Jorge Santana, da Sedetec, que falou sobre a estratégia de desenvolvimento econômico para Sergipe. “Os caminhos do desenvolvimento econômico para o Estado devem respeitar as características locais, as vocações e incentivar as potencialidades”, destacou.

Jorge Santana apresentou os investimentos consolidados em Sergipe, a atual situação econômica dos territórios, com indicadores e valores de investimentos previstos para o Estado. O secretário mostrou ainda uma visão para a economia do Estado nos próximos dez anos. “A expectativa do crescimento médio do PIB é de 1% ao ano, valor acima da média nacional. Esse crescimento deve resultar em uma nova configuração espacial dos investimentos distribuídos por território”, afirmou.

Em seguida, o assessor de Planejamento da Seagri, Carlos França, apresentou informações sobre a prospecção do cenário de desenvolvimento de cada território nos próximos anos. De acordo com ele, foi feito um levantamento que identificou a situação atual dos territórios e as oportunidades e ameaças que abrangem cada um deles.

A assessora técnica da Seplan, Gleidineides Teles, apresentou as demandas resultantes do Planejamento Participativo (PP), com destaque para a Agricultura Familiar, detalhando os pontos fracos identificados, como o acesso à terra e a ausência de indústrias para o processamento e aproveitamento dos produtos.

Ela mostrou também um diagnóstico da agricultura familiar no Estado e uma simulação das potencialidades de cada território. O secretário adjunto do Planejamento, Guilherme Rebouças, informou as ações previstas pelos órgãos do Estado para os próximos anos, falou sobre a situação fiscal do Estado e reforçou que o Plano Plurianual 2008-2011 (PPA) está na Assembléia Legislativa para ser debatido.

A estrutura técnica do Plano de Desenvolvimento do Estado de Sergipe foi detalhada pelos professores Ricardo Lacerda e Olívio Teixeira, da UFS, que mostraram uma caracterização sócio-econômica do Estado e demonstraram a importância do Planejamento Participativo na construção dos Planos do Estado e dos territórios.

Fonte: ASN

Comentários