Seis pessoas presas por crime ambiental em Poço Redondo

0

Uma denúncia anônima levou policiais civis e militares do pelotão de caatinga, comandados pelo sargento Sergio Santos Sabino, para verificar o registro de um crime ambiental na fazenda Giquiri, município de Poço Redondo. As informações foram colhidas pelo delegado do município, Clever Farias Oliveira, que pediu apoio aos policiais militares para verificar o caso.

Uma equipe do Pelotão de Polícia de Caatinga (Pepac) foi até a área de preservação ambiental permanente e chegando lá flagrou seis trabalhadores derrubando a mata. Com os trabalhadores foram encontrados uma moto-serra, quatro machados, quatro foices, três facões e um equipamento de amolar ferramentas. “A área desmatada fica em uma fazenda que era de propriedade de Nivaldo Andrade e que foi desapropriada pelo Incra para instalação do assentamento Hebert Souza. Foi dado um prazo para que ele deixasse o local e nesse período estava sendo praticado o crime ambiental”, informou o Sgt Sabino do Pepac.

Os seis trabalhadores e o material apreendido foram encaminhados para a delegacia da cidade, onde foi lavrado o flagrante. Após o pagamento de R$ 6.000,00 de fiança os acusados foram liberados. As investigações serão aprofundadas para que seja verificado se o ex-proprietário da terra agiu como co-autor do crime.

Fonte: PM/SE

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais