Sejuc investiga servidor que vazou foto de George Magalhães

0
Radialista permanece preso aguardando julgamento de habeas corpus (Foto: arquivo pessoal/Facebook)

A Secretaria de Estado de Justiça (Sejuc) instaurou sindicância interna para identificar o servidor público responsável pela postagem da fotografia do radialista George Magalhães, que circulou em redes sociais assim que ele foi preso na semana passada. Na foto, o radialista aparece com o uniforme disponibilizado pela Sejuc aos detentos e de cabeça raspada. De acordo com informações da assessoria de imprensa, a foto que circulou nas redes sociais é exclusiva dos arquivos da Sejuc, restrita ao prontuário do radialista disponível no Sistema de Administração Penitenciária (SAP).

As informações contidas no prontuário de cada detento, conforme explicações da assessoria de imprensa, só podem ser disponibilizadas para os órgãos de segurança pública. O servidor que disseminar informações ou fotografias restritas ao prontuário do detento responderão administrativamente e também por crime, a ser investigado pela Polícia Civil, segundo a assessoria da Sejuc.

Entenda o caso

O radialista George Magalhães está preso preventivamente desde a semana passada, por determinação judicial. Ele é acusado de coagir testemunha arrolada em inquérito policial instaurado pelo Departamento de Atentedimento a Grupos Vulneráveis (DAGV) da Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP) destinado à investigação de suposto crime de estupro, que teria sido cometido por ele contra uma funcionária do condomínio onde ele mora.

A defesa do radialista está sendo realizada pelo advogado Evânio Moura, que não vê motivos para mantê-lo preso. O advogado nega a existência destes dois crimes envolvendo o radialista e está aguardando o julgamento do mérito do  habeas corpus impetrado por ele para revogar a prisão preventiva decretada contra George Magalhães.

Por Cassia Santana

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais