Sem emissão de Carteira Identidade, usuários se revoltam

0

Usuários bloquearam a av. Adélia FRranco (Fotos: Portal Infonet)

Trânsito ficou parado

José Silva tenta trocar a identidade vencida

Cledivaldo Contreiras mostra documento do Ceac

Lucivânia Ferreira: "Não querem trabalhar"

Everettt: "A culpa não é nossa"

Engetis tenta solucionar problema

Agente retira pedras para liberar o tráfego

O desespero das pessoas que precisam da emissão da Carteira de Identidade levou os usuários do Instituto de Identificação de Sergipe a fechar o trecho na avenida Adélia Franco na manhã desta quinta-feira, 20.

“Eles estão de brincadeira, por que não colocam um aviso aqui na porta dizendo que a culpa é da Emgetis. Fomos até a Engetis e mandaram a gente voltar pra cá. Eu estou faltando o trabalho, estive aqui ontem e disseram que hoje a gente podia fazer a carteira de identidade porque preciso marcar uma cirurgia. Se não querem trabalhar, se estão em greve, por que não dão lugar a quem quer. Por que não vão para a cadeia para não fazer nada e comer às nossas custas. Pelo menos não ficam mangando da população”, revolta-se a cozinheira Lucivânia Ferreira.

“Moça, a senhora não sabe a dificuldade que eu tive em sair da cidade de Nossa Senhora de Lourdes para mudar a minha carteira que está vencida há 15 anos. Chego aqui não tem um aviso de que não vai funcionar. A gente chegou de madrugada, se tivesse um aviso, tinha voltado”, completa o agricultor José da Silva.

“E eu já não agüento esse jogo de empurra. Desde a semana passada que tento tirar um a carteira nova porque a minha está danificada. Agendei no Ceac da Rodoviária Nova, quando chegou a minha vez disseram que só tira aqui. Chego aqui o segurança diz que é no Ceac. Não vem ninguém da direção conversar com a gente. É muita falta de respeito. Preciso trabalhar, mas sem o documento não consigo o registro na firma”, reclama o pedreiro Cledivaldo Contreiras.

Contraponto

O diretor-presidente do Instituto de Identificação, Everetti Ferreira explicou que o problema é realmente da Empresa Sergipana de Tecnologia da Informação (Emgetis).

“Eles enviaram um e-mail na última terça-feira, 18, dizendo estar acontecendo um problema grave no disco rígido do computador central, mas que seria resolvido logo, por isso não colocamos aviso na porta. Só que ontem por volta das 21h a área de Infraestrutura encaminhou outro e-mail dizendo não haver previsão. A culpa não é nossa. As pessoas precisam entender que o problema é da Emgetis, que tirou do ar também o sistema do Detran e do Ipes”, destaca Everetti Ferreira.

Ele disse ainda que o Instituto de Identificação atende em média 300 pessoas de Sergipe e de outros Estados, para solicitar a emissão da 2ª via da Carteira de Identidade, em virtude de perda ou roubo.

“Nós atendemos 300 pessoas por dia, com isso, cerca de 900 pessoas deixaram de ser atendidas nos últimos dias, já que na segunda, 17 foi feriado e o atendimento voltou na terça. Atendemos não só quem mora aqui, mas de outros estados. Ontem tinha uma moça de Santa Brígida, na Bahia. Hoje veio uma moça que foi aprovada em um concurso de procuradora. Ela chorou muito pois precisa de um atestado de bons antecedentes, mas eu não tenho como liberar porque o sistema está fora do ar”, lamenta.

Emgetis

Em nota, assessoria de Comunicação da Emgetis, informou esclareceu a população que os problemas constatados no Detran/SE, na Secretaria de Segurança Pública e em outros órgãos estaduais foram ocasionados por uma falha no ambiente da base de dados, instalado na Emgetis, que atende a esses órgãos.

“O problema ocorreu no último final de semana, porém, como esses serviços não estavam em uso, por não se tratar de dia útil, a falha só foi constatada na segunda-feira, 17, durante um processo normal de manutenção. A solução para esta falha não depende de uma ação operacional direta, mas sim de um procedimento técnico que já foi realizado e está em andamento.

Por se tratar de uma base de dados bastante volumosa, a Emgetis está realizando o serviço com muita cautela, envolvendo todos os seus técnicos, para que a situação seja normalizada o mais rápido possível e para que não haja perda de dados”.

Previsão

A assessoria de Comunicação informou ainda que “a previsão da Emgetis é que na próxima segunda-feira, 24, ocorra o efetivo funcionamento de todos os serviços. Caso o problema seja resolvido antes disso, os serviços serão restabelecidos imediatamente.

A Emgetis lamenta por esta situação e esclarece ainda que, diferentemente do que vem sendo divulgado por alguns veículos de comunicação, a manutenção realizada no último final de semana foi referente a serviços internos, como o e-mail corporativo do Estado, e, portanto, nada tem a ver com o problema atual, já que foi feita em outro ambiente de dados”, completa.

Por Aldaci de Souza

Comentários