Sepultado Maestro Leozírio Guimarães

0

A sociedade sergipana está de luto. Ontem à tarde foi sepultado no Cemitério Santa Isabel o maestro Leozírio Guimarães, uma das mais sérias expressões da música erudita em Sergipe. Professor e compositor, o maestro foi o fundador da Sociedade Filarmônica de Sergipe, em cuja sede, na Rua de São Cristóvão, o corpo foi velado e, antes de partir para a última morada, celebrou-se missa. Ele faleceu aos 86 anos de idade, uma semana depois de perder a mulher, professora Lindalva Cardoso Dantas, cuja missa de sétimo dia foi celebrada na última quinta-feira, também no auditório da Sofise. No último mês de agosto, já havia falecido a primeira mulher do professor Leozírio. Durante anos, o professor Leozírio ensinou em escolas da capital sergipana. Na antiga Escola Normal, Instituto de Educação Ruy Barbosa, por anos, dirigiu a banda de música que se apresentava com galhardia nos desfiles do dia da Independência.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais