Sergipano relata aflição no México e tenta voo de volta ao Brasil

0
Estudante cobra repatriação do Governo Brasileiro (Foto: Vídeo divulgado pelo estudante)

Pela segunda vez, o sergipano Bruno Lima, de 22 anos, não conseguiu vaga no voo de repatriação de brasileiros ‘presos’ no México, em razão da pandemia do coronavírus. O segundo voo enviado pelo Itamaraty deixou o país latino nesta segunda-feira, 18. Segundo Bruno, ainda há no México pelo menos 130 brasileiros tentando voltar, mas ele diz que não há previsões de um terceiro voo comunitário.

O estudante de medicina, que está no México em intercâmbio, tem utilizado suas redes sociais para cobrar do Itamaraty um terceiro voo comunitário. Ele explica que há brasileiros dormindo em aeroportos, casas de amigos, alguns inclusive com os vistos vencidos e pagando multa. “Muitos estão em situação de vulnerabilidade e a situação só se agrava. Os hotéis estão fechados, os contratos de alojamentos já venceram para alguns, e estão sem dinheiro para se manter aqui”, relata o estudante.

Ainda de acordo com Bruno, muitos chegaram a comprar passagens aéreas comerciais, mas elas constantemente são canceladas em razão do fechamento das fronteiras e redução da operação das companhias. Ele explica que tem mantido contato com a Embaixada Brasileira, no México, e os nomes de todos os brasileiros tentando a repatriação foram colocados em uma lista. “Eles (Itamaraty) sabem a quantidade de brasileiros que têm aqui, mas só enviaram dois aviões”, afirma.

Nossa reportagem encaminhou e-mail para o Itamaraty questionando se há previsão de repatriação dos brasileiros, mas até o fechamento desta reportagem, não tivemos retorno. O Portal Infonet permanece à disposição por meio do telefone (079) 99642-9640 ou e-mail jornalismo@infonet.com.br.

Por Ícaro Novaes

Comentários