Sergipe apresentou a maior taxa de crescimento geométrico do Nordeste

Um dos cartões postais de Sergipe: a Orla de Atalaia. (Foto: André Moreira).

O estado de Sergipe registrou a maior taxa de crescimento geométrico do Nordeste (0,55), sendo acompanhado pela Paraíba (0,45) e o Piauí (0,39). Nacionalmente, o maior crescimento geométrico ocorreu no estado de Roraima (2,92). Em termos de Brasil, a taxa chegou a 0,52%. As estimativas de crescimento da população são realizadas pelo método geométrico, que ocorre por meio de um cálculo da razão da população.

Dos 75 Municípios de Sergipe, 29 apresentaram decréscimo populacional, sendo que os municípios de Pedrinhas, Neópolis e Riachuelo tiveram taxas de crescimento geométrico negativas de -1,47%, -0,99% e -0,98%, respectivamente, entre os Censos de 2010 e 2022.

No extremo oposto, os municípios de Barra dos Coqueiros (4,32%), Nossa Senhora da Glória (2,0%), e São Cristóvão (1,62%), foram os que tiveram as maiores taxas de crescimento geométrico no período. Ainda em relação à Barra dos Coqueiros, vale destacar que a taxa do crescimento geométrico registrada (4,32%) foi a 5ª maior entre os municípios nordestinos.

por João Paulo Schneider
Com informações do IBGE

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais