Sergipe aumentou em 60% o número de cisternas

0

Sergipe teve um aumento de 60% no número de cisternas implantadas em seu semi-árido em relação a 2006. Até outubro passado as cisternas – que armazenam água da chuva para consumo humano durante o período de estiagem – chegaram a cerca de um milhão de pessoas nos Estados do Nordeste, além de Minas Gerais e Espírito Santo, registrando um aumento de 33% em relação ao ano passado.

 

A construção desses equipamentos tem sido financiada por um programa do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), em parceria com governos estaduais, municipais e a Articulação do Semi-Árido (ASA). O objetivo é criar condições para que as famílias que moram no semi-árido brasileiro consigam conviver com os longos períodos de estiagem.

 

Sergipe, Minas Gerais (38%) e Piauí (36%) registraram as maiores expansões na quantidade de equipamentos instalados em relação ao ano anterior. O semi-árido sergipano conta agora com 7.133 cisternas. Em números absolutos o maior número desses equipamentos está na Bahia, que conta com 54.315 cisternas.

Comentários