Sergipe perde Adélia Vieira, do Grupo Renantique

0

A cultura sergipana ficou menor, ontem, com o falecimento de Adélia Vieira, integrante o Conjunto Renantique, o único na cidade dedicada ao cultivo de música da Renascença. Com sua voz privilegiada, Adélia era a solista do grupo e recentemente gravou um CD com peças extraordinárias da Era Renascentista. Ela faleceu aos 56 anos de idade, deixando um filho adolescente. Ao que se informa, foi vítima de leucemia. O seu sepultamento ocorreu na tarde de ontem, com o cortejo saindo de sua residência, à Rua de Estância, para o Cemitério Municipal de Capela. Em três semanas, o mundo da música clássica em Sergipe perdeu nomes expressivos como a professora Lindalva Cardoso Dantas, o professor Leozírio Guimarães e, agora, Adélia Vieira. Por Ivan Valença

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais