Sergipe tem primeiro caso de detento com coronovírus em presídio

0
Sejuc confirma infecção de presidiário (Foto: Arquivo Infonet)

A Secretaria da Justiça, Trabalho e Defesa do Consumidor (Sejuc) explica que um interno de 25 anos do Complexo Penitenciário Advogado Antônio Jacinto Filho (Compajaf) sentiu arritmia e palpitações no peito no último dia 18, foi atendido na enfermaria da unidade prisional e, imediatamente, transferido para o Hospital de Urgência de Sergipe (Huse). A Secretaria de Estado da Saúde (SES) informou que não como saber como ocorreu a contaminação porque atualmente em Sergipe há a transmissão comunitária.

No retorno do atendimento no Huse, como prevê o plano de contingência elaborado pela Sejuc, ele ficou isolado em um pavilhão de triagem do Presídio de Areia Branca, numa espécie de quarentena do sistema prisional para evitar a propagação de qualquer doença contagiosa no sistema prisional.

Com o passar dos dias, ele apresentou sintomas típicos de pacientes que foram afetados pelo coronavírus, com dor na cabeça, vômito em pouca quantidade e início de desconforto respiratório e dor no peito. Com todos esses sintomas. foi chamado o Samu e o interno precisou ser encaminhado de volta para o Huse no último sábado (25).

Lá, após receber todo o atendimento, foi feito o teste junto ao Laboratório Central (Lacen) e o resultado foi encaminhado para a Sejuc nesta segunda-feira (27), dando como positivo para a Covid-19. O quadro do interno não é grave e ele está estável. Ele permanece em uma enfermaria para atendimento de portadores da Covid-19, isolado, e com os atendimentos necessários no Huse.

 

Com informações da Ascom/Sejuc

 

 

Comentários