Sergipe terá a capacidade produtiva de petróleo aumentada

0

Além de falar sobre a performance da Petrobras durante a 6ª rodada de licitações de áreas para exploração de petróleo, promovida pela Agência Nacional de Petróleo – ANP -, o presidente da empresa, José Eduardo Dutra, também trouxe novidades sobre a reserva encontrada em Sergipe. Segundo Dutra, a empresa deu entrada, na manhã de hoje, na Declaração de Comercialidade do campo.

 

Batizada de “Campo de Piranema”, em homenagem a um peixe que existe em grande quantidade nas águas profundas do Estado, o campo, cuja descoberta foi anunciada no ano passado, está localizado há 37 Km da costa. A estatal informou que o óleo encontrado no local é de alta qualidade. “Esse tipo de óleo pode alcançar hoje, no mercado, cerca de US$ 2,00 acima do brent (o preço de referência internacional do petróleo). Além disso, é o segundo melhor óleo do Brasil em qualidade. E quando se fala em águas profundas, ele é o de melhor qualidade descoberto no país”, informou Dutra.

 

Para explorar o campo a Petrobras deverá investir US$ 476 milhões. Segundo o dirigente da empresa, a exploração deverá criar 200 empregos diretos e 300 indiretos. O início da produção está marcado para agosto de 2006. Durante o pico, o campo deve produzir, pelas estimativas da Petrobras, 20 mil barris por dia. “Esse número representa 50% da total produção atual do Estado de Sergipe. Hoje o Sergipe produz 42 mil barris ao dia. Esse, sem dúvida, é o resultado do trabalho e da competência dos técnicos de Sergipe”, elogiou Dutra.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais