Sergipe terá verão com poucas chuvas e temperaturas elevadas

0

Overland Amaral, meteorologista
Após a reunião entre os Centros de Meteorologia de todos os estados, na tarde desta sexta-feira, 16, foi possível formular o panorama climático brasileiro para os próximos três meses. Sobre Sergipe, o meteorologista Overland Amaral revela que o verão, que começa em dezembro, será de temperaturas muito elevadas e um baixo índice de precipitações (abaixo dos 30mm no sertão).

Segundo Overland, em novembro chegam a Sergipe os sistemas frontais vindos da Bahia, que trazem muita chuva e trovoadas. Já entre dezembro e janeiro, com a ausência dos sistemas frontais, Sergipe passará a registrar temperaturas mais elevadas, redução da umidade e de armazenamento de água nos rios, barragens, e açudes, sobretudo na região do semi-árido.

Tamperaturas podem chegar a 40°C
Para o meteorologista, o verão 2010 no estado tem tudo para ser um dos mais quentes dos últimos tempos. “Se em plena Primavera registramos temperaturas de 36ºC na região do alto sertão, as ondas de calor continuarão predominantes durante o verão, com temperaturas beirando os 40 graus”, informa.

De acordo com Overland, nesse período é necessário redobrar os cuidados para evitar incêndios. “Usar o fogo para limpar plantações deve ser uma prática combatida nesse período de extremo calor. A combustão provocada ou espontânea pode dar lugar a incêndios de grandes proporções”, alerta o meteorologista.

Segundo ele, uma das causas do calor extremo, além da ação do El-Niño e do aquecimento global, é a degradação ambiental por meio da retirada da cobertura vegetal que expõe o solo a maior insolação. “Nesse caso há a duplicação do calor, pois o solo sem cobertura vegetal reflete todo esse calor e contribui para essa elevação das temperaturas”, finaliza.

Comentários