Servidores chamam deputados de traidores e fazem atos de protesto

0

Os servidores públicos da Emdagro, Prodase e Emsetur que estiveram acompanhando a sessão da Assembléia Legislativa fizeram vários protestos contra a aprovação dos projetos que extinguem as empresas públicas. Primeiro entregaram a cada deputado um cesta com verduras e hortaliças orgânicas colhidas por produtores rurais que recebem orientação técnica dos trabalhadores da Emdagro.

 

O clima na Assembléia ficou tenso quando os deputados começaram a votar os projetos de extinção. “As empresas precisam ser revitalizadas, melhoradas e não extintas. É um crime contra os servidores e com a sociedade sergipana. Peço mais uma vez para que o governador retire esses projetos da pauta”, pediu a deputada Ana Lúcia. Mas a solicitação da deputada e o protesto dos servidores não foram capazes de sensibilizar os demais parlamentares.

Os projetos que extinguem as empresas foram aprovados por 13 votos contra 11. Logo depois de aprovados os servidores, que lotavam todas as galerias, ficaram de pé e cantaram o Hino Nacional brasileiro. Logo depois um dos servidores da Emdagro teve uma crise nervosa e desmaiou. O presidente da Assembléia teve que chamar a equipe médica e o servidor foi atendido.A sessão continuou e os funcionários, em prantos, deixaram a Assembléia em protesto. Muitos gritavam com os deputados chamando-os de traidores.

 

Os deputados da bancada de oposição também acompanharam os manifestantes. “Os servidores, através de suas associações e sindicatos, apresentaram documentos pedindo que a Assembléia não aprovasse os projetos porque eles prejudicam os funcionários, mas infelizmente o Governo não dialoga, age com extremo autoritarismo”, denunciou a deputada Ana Lúcia.

Votaram contra os projetos as deputadas Ana Lúcia, Maria Mendonça e Susana Azevedo, e os deputados Gilmar Carvalho, Adelson Barreto, Belivaldo Chagas, Francisco Gualberto, pastor Mardoqueu, Fabiano Oliveira, Ulices Andrade e Garibalde Mendonça.

Por José Cristian Góes

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais