Servidores da Funasa cobram cumprimento de acordos

0

Servidores promoveram café da manhã
Os servidores da Fundação Nacional de Saúde (Funasa) paralisam as atividades nesta quarta-feira, 11, para cobrar o cumprimento de acordos firmados em 2005. Eles promoveram um café da manhã em frente à sede do órgão em Aracaju e planejam para o próximo dia 24 uma nova paralisação.

“No próximo dia 24 vamos vir com muito mais forma e se for preciso iremos paralisar por tempo indeterminado”, afirmou o presidente do Sindicato dos Servidores da Fundação Nacional da Saúde em Sergipe (Sindsfuse), Ricardo Nunes.

Segundo ele o Governo Federal deixou de cumprir o acordo fechado com os trabalhadores após uma greve de 45 dias

Nunes afirma que não está descartada a possibilidade de greve
realizada em 2005. “Estamos sem data base, recebemos um tíquete alimentação no valor de R$ 126, que chamamos de ‘tíquete coxinha’. Além disso, exigimos a paridade no reajuste dos aposentados e pensionistas”, explica Nunes.

No próximo dia 3 de dezembro haverá uma plenária à nível nacional em que os trabalhadores poderão deliberar por uma greve por tempo indeterminado. “Queremos igualdade e respeito. Pelo jeito o Governo Federal quer acabar com um dos maiores órgão e fazer dele um cabide político”, afirma o presidente do Sindsfuse.


Por Carla Sousa

Comentários