Servidores da PF param nesta terça-feira por tempo indeterminado

0

Os servidores administrativos da Polícia Federal decidiram na última quinta-feira, 20, a deflagração de greve, por tempo indeterminado, a partir desta terça-feira, 25. A categoria decidiu pelo paralisação porque o Governo Federal ainda não apresentou a proposta de reestruturação do Plano Especial de Cargos da Polícia Federal.

Segundo a direção do Sindicato dos Servidores do Plano Especial de Cargos da Polícia Federal (Sinpec-PF) os servidores avaliaram que já foi dado tempo suficiente para a bancada governamental resolver a questão. Eles exigem tratamento isonômico por parte do governo, que tem dado, de acordo com o sindicato, tratamento diferenciado aos servidores do Departamento de Polícia Federal, contemplando a carreira policial com a recomposição de salários e protelando o cumprimento do Termo de Compromisso assumido com o PECPF.

Os Estados de Sergipe, Rio Grande do Sul, Pernambuco, Alagoas, Santa Catarina, Rodonia, Paraná, Bahia, Pará e Minas Gerais foram os primeiros que decidiram pela greve por tempo indeterminado.

Entre os serviços que poderão ser atingidos estão a emissão de passaportes, registro de estrangeiros, entrega de arma e solicitação de porte.

Comentários