Servidores estaduais realizam assembléia geral hoje

0

Os servidores públicos do Estado realizarão nesta, quinta-feira, 19 de maio, às 10 horas, no Esporte Clube Cotinguiba, uma Assembléia Geral para discutir reajuste salarial. Os dirigentes sindicais de todas as categorias mobilizaram seus respectivos representados para participarem da discussão que pode, inclusive, terminar num indicativo de deflagração de greve geral. 

O presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Educação no Estado de Sergipe (Sintese), Joel Almeida acredita que é necessário que o Governo do Estado tenha um novo olhar sobre o funcionalismo público. “Observe os prédios das escolas, das delegacias, dos prédios públicos, os hospitais e quartéis. Não existe uma política de manutenção das estruturas. Se continuar assim só vai sobrar a Orla de Atalaia e a Ponte Aracaju/Barra para os sergipanos verem”, alfinetou o sindicalista.

A situação colocada por Almeida é, segundo ele, um agravante somado a questão salarial. Questionado por diversas vezes sobre o assunto até o momento, o governador João Alves Filho disse apenas que concederá um reajuste maior do que aquele dado pelo Governo Federal. O Sintese alega que desde o início do mês tenta chegar a um denominador comum com a Secretaria de Educação, mas que até agora não obteve resposta. 

Os agentes penitenciários também estarão participando da Assembléia Geral. Para a entidade representante da categoria o Sindicato dos Agentes Penitenciários e Servidores da Secretaria de Justiça de Sergipe (Sindsejes) a situação é grave e precisa ser discutida. A categoria alega que o agente penitenciário em Sergipe trabalha com a ajuda de Deus, pois não existe um política de qualificação do profissional. Segundo o Sindsejes os agentes não recebem nenhum tipo de treinamento de uso de arma de fogo, de como reagir numa situação de tensão. Ao contrário o a Secretaria de Justiça tem oferecido a eles cursos de artes cênicas.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais