Sindat indica nomes para compor mesa de negociação da Sefaz

0

Os dirigentes do Sindicato dos Auditores Tributários do Estado de Sergipe (Sindat) defenderam nesta quarta-feira, 5, a urgente implantação da mesa setorial de negociação da Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz).

“Essa mesa está institucionalizada pelo governo do Estado e esperamos que ela, efetivamente, funcione de modo a criar as devidas condições para que nós auditores – que somos promotores da receita pública – possamos continuar combatendo a sonegação fiscal e a corrupção do dinheiro público”, disse o diretor de estudos econômico-fiscais do Sindat, Marcos Correia Lima.

Ele destacou que a entidade já encaminhou os três nomes que vão participar da composição da mesa setorial. “A atuação eficaz da mesa, no sentido de atender as demandas da classe, significa, na prática, maior incremento na receita do Estado”, afirmou Marcos Lima, observando a necessidade de se garantir as condições adequadas ao exercício da autoridade fiscal, “inclusive e principalmente, no que se refere aos aspectos remuneratórios”.

“É imprescindível que o governo entenda que o fisco compõe a base de sustentação do Estado de direito, combatendo a sonegação e corrupção fiscal”, completou o atual presidente do Sindat, auditor José Prado Feitosa, ao considerar legítima a pauta de reivindicação dos auditores I, em greve há duas semanas, por melhores salários, adicional noturno e horas-extras.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais