Sindelimp: Torre por não paga Plano de Saúde

0
Rayvanderson: trabalhadores sem assistência médica (Foto: Arquivo Portal Infonet)

O Sindicato dos Empregados das Empresas de Limpeza Pública e Comercial de Sergipe (Sindelimp) denuncia a falta de assistência médica dos trabalhadores da Torre Empreendimentos, que presta serviços de limpeza pública à Prefeitura de Aracaju. De acordo com informações do presidente do sindicato, Rayvanderson Rodrigues Santos, a empresa desconta 25% do valor do plano mensalmente dos contracheques, mas o montante não está sendo repassado para o plano de saúde.

Como consequência, segundo o presidente do sindicato,  muitos trabalhadores estão sem assistência médica. Ele revela que a diretoria do sindicato tem recebido constante reclamações dos operários, informando que a empresa que administra o plano de saúde da categoria está se recusando a prestar o atendimento por falta de pagamento.
Como consequência, o sindicato vai denunciar a irregularidade ao Ministério do Trabalho por descumprimento de acordo coletivo e processar a empresa por apropriação indébita.

Sem conhecimento

O gerente da Torre Empreendimentos, José Carlos Dias, disse que desconhece esta realidade. “Pelo meu conhecimento, está tudo regular”, resumiu. Ele diz que não tem como se manifestar a respeito por não ter recebido nenhum comunicado oficial sobre a irregularidade denunciada pelo sindicato.

José Carlos Dias falou também sobre o débito da prefeitura com a empresa e descartou qualquer possibilidade de suspensão dos serviços de limpeza em Aracaju. Segundo o gerente, a dívida está acumulada em R$ 23 milhões. Mas, ele reconhece avanços nos entendimentos. “Agora, estamos conversando para encontrar uma solução. Mudou o secretário [da Fazendo da Município] e houve um bom avanço”, ressaltou.

Por Cássia Santana

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais