Sindifisco quer pressa do Governo

0

O Sindicato do Fisco do Estado de Sergipe (Sindifisco) realizou nesta quinta-feira, 11, um café da manhã que reuniu boa parte dos auditores fiscais no estacionamento da Secretaria da Fazenda. O objetivo é chamar a atenção da categoria para o relaxamento do Governo com as reivindicações da classe.

No final de 2009 o sindicato iniciou uma greve que foi suspensa apenas quando o secretário João Andrade definiu uma escala de reuniões para discutir junto à categoria seus anseios. Mas, de acordo com o presidente do Sindifisco, Alberto Garcez, isso ainda não ocorreu.

“O secretário havia marcado para o último dia 23 de fevereiro uma reunião, mas a mesma não ocorreu. O prazo está se esgotando, porque devido ao prazo eleitoral qualquer projeto de âmbito salarial só pode ser aprovado até dia 05 de abril, e por isso a categoria está ansiosa e preocupada”, diz.

Os auditores fiscais reivindicam regulamentação do plano de carreira e incorporação das gratificações ao vencimento-base. No dia 16 de março a categoria se reúne em nova assembléia e o Sindifisco espera que até lá o secretário João Andrade os convide para uma reunião.

Apesar da insatisfação, o presidente do sindicato garante que uma nova paralisação está fora dos planos neste momento.

Comentários