SMTT e GMA flagram homem furtando cabos de semáforo na Beira Mar

0
A ação aconteceu na noite de terça-feira, 15, no cruzamento da avenida Beira Mar com Tancredo Neves (Foto: SMTT)

Uma ação conjunta entre a Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT) e Guarda Municipal de Aracaju (GMA) levou à prisão de um homem que tentou furtar cabos de energia de um semáforo da cidade. A ação aconteceu na noite de terça-feira, 15, no cruzamento da avenida Beira Mar com Tancredo Neves.

O diretor-geral da Guarda, o subinspetor Fernando Mendonça, conta que a prisão foi possível graças a uma ação integrada com a SMTT. “Durante uma ronda, nossa equipe desconfiou da atitude suspeita do homem que estava ao lado da caixa de energia do semáforo e com uma faca. Acionamos a SMTT e, juntos com os agentes de trânsito, inibimos a ação criminosa e encaminhamos o suspeito à delegacia para que as medidas cabíveis fossem tomadas”, detalha.

O equipamento danificado já foi restaurado e voltou a operar. Os semáforos de Aracaju são alvos constantes de ladrões que cortam os cabos para retirar o cobre dos fios e vendê-los. Segundo o coordenador de Sinalização da SMTT, Diego Carvalho, a depredação do patrimônio público causa prejuízo a toda a população.

“Em 2018, foram roubados 1.310 metros de cabo e a SMTT acaba tendo um gasto alto com a compra de mais fios. Além disso, nesse tipo de ocorrência, é necessário deslocar agentes para organizar o trânsito enquanto o equipamento está danificado. Ou seja: recursos humanos e materiais que poderiam estar empregados em outras ações, precisam ser remanejados por causa dessas ações criminosas”, explica Diego.

Sempre que presenciar uma atitude suspeita de roubo de fios próximo a semáforos, o cidadão pode denunciar através dos telefones 118 (SMTT). 153 (Guarda Municipal de Aracaju) ou 190 (Polícia Militar).

Fonte: SMTT

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais