SMTT e Infraero discutem serviço de táxi no aeroporto

0

Antonio Samarone: “solução para resolver antiga aspiração da categoria”
Com o objetivo de viabilizar um  serviço que atenda os anseios da população, foi realizada na manhã desta quarta-feira, 13, uma reunião entre os superintendentes Antônio Samarone (SMTT) e  Luiz Alberto Bittencourt, da  Infraero. Ficou acordado um estudo técnico  para viabilizar alguns procedimentos. Deverão ser disponibilizadas cinco vagas para os táxis bandeira e mais um ponto reserva e todos os taxistas que vão atuar  na área do aeroporto terão que fazer um cadastro na Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito.

Atualmente a Infraero disponibiliza  um serviço de táxi exclusivo do aeroporto e os taxistas do local  trabalham com uma tarifa diferenciada, sendo o valor da corrida  estipulado de acordo com o  destino do passageiro. A proposta da SMTT é que  além da  implantação de um ponto para vagas de táxi comum, com bandeirada, seja criado um ponto de apoio de rádio táxi no Bairro Santa Tereza que atenda toda a comunidade e adjacências, devendo os taxistas desse novo ponto de táxi comum, por uma questão de segurança, usar uma carteira de identificação.

Para Antônio Samarone, essas medidas são o início do atendimento de antigas reivindicações do táxi bandeira que não está autorizado a trabalhar na área do aeroporto. “O prefeito Edvaldo Nogueira é sensível ao pleito dos taxistas e o estudo  que vamos iniciar com os técnicos da Diretoria de Transporte Público brevemente sinalizará uma solução para resolver a antiga aspiração da categoria”, relata o superintendente.

 

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais