SSP prepara novas ações integradas das policiais Civil e Militar

0

Coronel Resende, Secretário João Eloy, Katarina Feitosa e João Batista(Fotos: Allan Carvalho)
Integração contra o crime e a violência. Essa é a diretriz da Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP) para as próximas ações a serem realizadas pela Polícia Militar e a Polícia Civil em Sergipe. As orientações estão sendo dadas diretamente pelo secretário João Eloy de Menezes em várias reuniões com os gestores principais das corporações, assim como oficiais e delegados que atuam à frente das equipes atuantes na capital e interior.

Nesta quinta-feira, dia 3, Eloy se reuniu com o secretário-adjunto da SSP, João Batista Santos Júnior, com o comandante-geral da PM, coronel Aelson Resende, e com a superintendente da PC, delegada Katarina Feitoza, além das respectivas equipes de comando e coordenação operacionais na região metropolitana e interior. Além de dar direcionamento ao trabalho, o secretário buscou mapear a estrutura das unidades e dar encaminhamento às soluções propostas.

“A determinação é ouvir o que cada delegacia regional ou de município necessita e quais as dificuldades que elas têm para indenficar delitos e prender bandidos. É para verficarmos quais os desafios que cada batalhão, companhia ou pelotão enfrentam para prevenir e reprimir crimes em suas áreas de atuação. E isso é para ser feito em conjunto: comandantes e coordenadores discutindo em parceria e com apoio dos setores especializados”, frisou Eloy.

Ainda segundo o secretário, as operações conjuntas vão continuar mas serão intensificadas. “Realizamos constantemente incursões com praças, agentes, oficiais e delegados agindo em consonância para cumprir mandados de prisão ou flagrantear acusados. E isso é muito positivo no sentido de reduzir índices de crimes e violência, por isso iremos tornar esse trabalho mais constante e efetivo, e vamos procurar ter um controle maior de cada passo”, acrescentou.

Reunião  com os gestores das corporações(Foto: Allan Carvalho
Para a delegada de Umbaúba, Nayanna Góes, a união de esforços será ainda mais real com o apoio institucionalizado da SSP. “Já temos um bom relacionamento com o 6º Batalhão [sediado em Estância e que atende a região Sul do estado através de suas companhias], mas com esse direcionamento ficará mais fácil integralizar patrulhamento e investigação, por exemplo”, disse. E a presença do major Edivaldo Santos, da 2ª Companhia, em Umbaúba, reflete essa aproximação”, citou.

A mesma opinião foi expressada pelo comandante do 1º Batalhão, tenente-coronel Adolfo Menezes. “Nosso efetivo cobre boa parte da Grande Aracaju e o que o secretário está colocando aqui ajudará a dar uma pressão mais forte sobre pontos de maior incidência de problemas, cujas localizações ele determinou que fossem identificadas e seus  índices fossem monitorados em conjunto. Assim faremos acompanhamento mais inteligente das ações implementadas e os resultados obtidos”.

Nos encontros realizados na tarde de hoje, participaram também o subcomandante-geral da PM, coronel Genário João, o comandante do Policiamento do Interior, tenente-coronel José Andrade Filho, o coordenador da Polícia Civil no Interior, delegado Thiago Leandro, e o diretor do Departamento de Homicídios, delegado Flávio Albuquerque, entre outros delegados e oficiais de diversas unidades.

Fonte: SSP

Comentários