SSP vai montar esquema especial de atendimento durante o Fest Verão

0
O encontro contou com a presença de agentes de segurança pública e de empresários organizadores do evento. (Foto: Portal Infonet)

Uma reunião realizada na Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP/SE) definiu os primeiros detalhes do esquema de segurança que será aplicado durante o evento Fest Verão 2020, que será realizado em seis dias entre os meses de dezembro e janeiro. A coordenadora operacional das Delegacias da Capital, delegada Nalile Bispo, confirmou que a secretaria pretende montar um esquema especial de atendimento aos foliões em uma delegacia mais próxima da área do evento.

De acordo com Nalile, a dificuldade logística de localização da Central de Flagrantes, situada no bairro Santos Dumont, zona norte de Aracaju, faz a equipe de segurança analisar a melhor maneira de centralizar os atendimentos no período festivo. “Vamos ver as unidades plantonistas já existentes para saber se elas suprirão a demanda durante os dias de festa ou se precisaremos montar alguma unidade específica para a festa. Com certeza levaremos uma cobertura específica e isso será previamente divulgado”, completa a delegada.

Segundo o comandante do Policiamento da Capital, coronel Moura Neto, a pretensão da Polícia Militar é que a segurança das imediações do Fest Verão não afetem o trabalho ostensivo nos demais bairros da capital. “Nós pretendemos atuar com a maior força possível garantindo segurança à população e aos turistas que vierem a Sergipe. O policiamento ocorrerá nos eventos, tanto na parte fechada quanto no bloco, bem como na parte periférica. Queremos garantir que os bairros não sintam dificuldades e que haja segurança nas áreas mais próximas. O efetivo calcularemos durante o evento a partir das atrações que atraem mais público”, identifica o PM.

Conforme o coronel, a ausência de divulgação do efetivo que será deslocado para lidar com o evento ocorre por razões estratégicas que vêm sendo adotadas nos últimos anos pela SSP. “Não divulgamos os números de efetivo por questões estratégicas, mas a população pode ir tranquila que o planejamento será feito de forma organizada”, conclui o coronel Neto.

por Daniel Rezende

Comentários