Superintendente fala sobre operação da polícia em Sergipe e na Bahia

0

João Batista diz que quadrilha estava sendo investigada
O superintendente da Polícia Civil, João Batista, revelou na tarde dessa quarta-feira, 11, na sede da Secretaria de Segurança Pública (SSP), os primeiros resultados da operação realizada nas cidades do interior sergipano e na cidade de Paripiranga, na Bahia.

De acordo com João Batista, a polícia já estava investigando diversos crimes no centro-oeste sergipano, mais precisamente na cidade de Lagarto. “Alguns eventos vinham acontecendo e chamaram à atenção da polícia, a exemplo de execuções em plena luz do dia, roubos e tráfico de entorpecentes”, explica.

Ainda segundo o superintendente, as investigações apontaram para uma quadrilha com mais de 13 elementos que atuavam na região. João Batista também revelou que para a operação realizada nesta manhã, foram expedidos 13 mandados de prisão além de 20 mandados de busca e apreensão.

O  superintendente João Batista ainda ressaltou que a polícia conseguiu prender sete pessoas, além de 11 armas de fogo e 30 kg de maconha. “Nós também temos elementos que comprovam que os quatro homens mortos durante a troca de tiros faziam parte da quadrilha que cometiam crimes com requintes de crueldade”, revela.

A polícia fará uma apresentação nesta quinta-feira, 12, detalhando como ocorreu a operação, além de apresentar os integrantes da quadrilha e os objetos apreendidos.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais